icono carrito blancoComprar

7 de Agosto de 2023

Ar condicionado, um precioso auxiliar de segurança

Se pretende uma resposta direta, sim, o ar condicionado aumenta os consumos e, no caso dos elétricos, também contribui para uma redução da autonomia real, mas andar com as janelas abertas também provoca mais “arrasto” aerodinâmico e prejudica os consumos e a autonomia… O que importa reter é que, especialmente em países como o nosso, muito sujeito a temperaturas elevadas e a vagas de calor, o recurso ao ar condicionado não é apenas uma questão de conforto, mas, acima de tudo, de bem-estar e segurança a bordo. Siga os nossos conselhos e potencie a eficiência do ar condicionado, utilizando mais e melhor este sistema enquanto o mantém nas melhores condições durante muitos e bons anos.

Quando liga o ar condicionado está a ativar um compressor que vai exigir um maior fornecimento de energia ao motor do seu carro. Mesmo com os modernos e eficientes compressores elétricos há, ainda assim, necessidade de compensar a energia despendida para manter esse sistema ativo. Logo, o seu automóvel irá consumir mais combustível.

Segundo alguns estudos, o recurso ao ar condicionado pode representar um gasto extra de meio litro de combustível por hora e traduzir-se num aumento dos consumos de cerca de 20%. Mas, especialmente em autoestrada, este aumento é compensado pela maior eficiência aerodinâmica do que se andasse de janelas abertas.

Assim, caso circule a velocidades superiores a 80 km/h, a solução mais indicada é a utilização do ar condicionado, sobretudo se tiver um moderno sistema de gestão automática da temperatura pretendida. Ainda que possa ter um consumo de combustível maior, a qualidade do ar no interior do veículo é melhor, proporcionando maior conforto ao condutor e passageiros.

Um elemento de segurança a não menosprezar

O ar condicionado pode ser considerado um elemento de segurança ativa, já que que permite regular a temperatura e a humidade dentro do habitáculo, manter o conforto dos ocupantes e os níveis de atenção e atividade do condutor, combatendo a fadiga e a sonolência provocada pelo calor.

Assim, a utilização do ar condicionado pode ser muito vantajosa, visto que:

  • Garante maior qualidade do ar interior, evitando a entrada de impurezas e poeiras.
  • Permite controlar eficazmente a temperatura no interior do habitáculo.
  • Permite obter as condições propícias a uma condução mais concentrada e segura, evitando a sonolência e fadiga provocados pelo calor excessivo.
  • Reduz a probabilidade de odores desagradáveis provenientes do exterior.
  • Contribui para uma melhor visibilidade, ao desembaciar de forma mais eficaz e célere os vidros (durante o inverno).

Em perfeitas condições

Para manter a eficácia do sistema e evitar a presença de maus odores, deverá fazer a limpeza das condutas do ar condicionado a cada dois anos. E o mesmo se passa com a substituição do filtro do habitáculo.

Se perceber que o sistema não é capaz de reduzir a temperatura do habitáculo ou está a emanar um odor desagradável, então poderá estar perante uma avaria. 

Os problemas mais comuns do ar condicionado estão associados a erros do sistema elétrico ou à falta do gás (que é causada por uma fuga no circuito), sendo esta última a causa a mais habitual. Para além disso, não se esqueça: qualquer manutenção deve sempre ser feita por um técnico especializado. Qualquer reputada oficina multimarca deverá estar equipada com um sistema que coloca o circuito em pressão para detetar fugas e repor o gás perdido. É uma operação relativamente simples e pouco onerosa.

Para garantir o bom funcionamento do ar condicionado, deverá ligá-lo todas as semanas para garantir que o sistema se mantém oleado e, sobretudo, para promover a circulação do gás.

No poupar é que está o ganho

Para reduzir os custos inerentes à utilização do ar condicionado, deverá seguir as seguintes recomendações:

  • Ligue o ar condicionado apenas quando necessário, evitando utilizá-lo como ventilador do veículo.
  • Caso ligue o ar condicionado, mantenha os vidros fechados. Desta forma, reparte o ar fresco pelo interior do habitáculo mais rapidamente, gastando menos energia.
  • Em dias muito quentes, depois de ligar o automóvel, permita que o ar circule pelas portas ou janelas durante alguns minutos, antes de ligar o AC. Ao fazê-lo, está a permitir que o excesso de ar quente seja libertado e a facilitar a vida ao sistema de arrefecimento (poupando “combustível”).
  • O termostato é um dispositivo interno do ar condicionado que mede a temperatura ambiente. Este deve ser regulado adequadamente para não forçar o aparelho a consumir mais energia. O ideal é ficar entre 22°C e 24ºC, já que uma temperatura menor pode aumentar o consumo em até 7% por cada grau extra de redução.

Voltar à listagem de notícias

Notícias relacionadas

23 de Janeiro de 2024

Velocidade, além dos limites…

O excesso de velocidade é um problema frequente, refletido tanto no número de infrações quanto nos acidentes. Em Portugal, as velocidades máximas permitidas variam nas diferentes vias e as penalidades por não as cumprir são determinadas pelo grau do excesso. Convém ainda destacar que excesso de velocidade e velocidade excessiva para as condições não são ...

Ler notícia

22 de Dezembro de 2023

Conselhos de segurança Help Flash para esta época natalícia

Natal é sinónimo de momentos de partilha, harmonia, animação e alegria, mas também pode ser uma época desafiante. Quer seja pelas prendas de última hora ou pelas viagens para visitar a família, o número de automóveis na estrada aumenta, o que exige um acréscimo dos cuidados ao volante para garantir a segurança rodoviária.  Siga os ...

Ler notícia

23 de Outubro de 2023

Saiba como carregar um elétrico de forma cómoda e acessível com a ajuda da Help Flash

Com o advento e crescente democratização dos veículos elétricos, sejam eles automóveis, motociclos ou camiões, começaram a surgir questões sobre a segurança dos carregamentos e, acima de tudo, sobre a facilidade do processo e a disponibilidade da rede de carregamento. Neste artigo, a Help Flash irá, de uma forma sucinta, desmitificar alguns mitos e explicar ...

Ler notícia