icono carrito blancoComprar

10 de Outubro de 2023

O peão, a peça mais vulnerável do “xadrez” rodoviário

Muito antes de podermos conduzir, já todos fomos peões. Sabia, por exemplo, que uma criança com menos de 10 anos aos comandos de um velocípede é equiparada a um peão? Pois é, e da mesma maneira que há regras estabelecidas para a circulação dos diferentes veículos, também existe legislação que regulamenta, entre outros, onde e como podem circular, a posição que devem ocupar nas vias ou como atravessar uma via ou faixa de rodagem?

Tidos comos os utilizadores mais vulneráveis das vias públicas a Help Flash deixa alguns conselhos de como se proteger a si e aos seus quando circula a pé junto a zonas com trânsito.

Onde e como circular?

Segundo a legislação portuguesa, os peões devem sempre optar pelo passeio e circular pela direita dos locais que lhes são destinados.

Caso não haja um passeio convencional, circule do lado esquerdo, de frente para os veículos e o mais longe possível da faixa de rodagem.

Quando circular em grupo, em zonas estreitos, bermas ou em estradas sem berma ou passeio, caminhe em fila indiana. Assim, todos os integrantes do grupo caminham de forma mais protegida.

Atravessar a estrada de forma segura

Mais uma, segundo o código da estrada, no seu artigo 101º:

  1. Os peões não podem atravessar a faixa de rodagem sem previamente se certificarem de que, tendo em conta a distância que os separa dos veículos que nela transitam e a respetiva velocidade, o podem fazer sem perigo de acidente.
  2. O atravessamento da faixa de rodagem deve fazer-se o mais rapidamente possível.
  3. Os peões só podem atravessar a faixa de rodagem nas passagens especialmente sinalizadas para esse efeito ou, quando não exista nenhuma a uma distância inferior a 50 m, devem fazê-lo perpendicularmente ao eixo da faixa de rodagem.
  4. Os peões não devem parar na faixa de rodagem ou utilizar os passeios e as bermas de modo a prejudicar ou perturbar o trânsito.

Além disso, deve evitar passar em locais junto a veículos estacionados, caixotes do lixo, arbustos ou outro tipo de obstáculos que, de alguma possam dificultar a sua visibilidade por parte dos condutores, assim como junto a curvas e em cruzamentos e entroncamentos sem passagens protegidas.

Como nos ensinaram desde pequenos, depois de escolher o local mais seguro para atravessar, pare antes do lancil ou da borda do passeio. Olhe para a esquerda e para a direita e certifique-se de que não se aproxima nenhum veículo. Não corra riscos e não tenta avaliar visualmente a velocidade a que estes se deslocam, se achar que pode não ser seguro, espere e não atravesse.

Mesmo numa passadeira, tente estabelecer contato visual com o condutor e faça-lhe sinal para que ele perceba que pretende atravessar e espere que ele lhe ceda passagem. Mesmo assim, confirme se, do outro lado da estrada, não se aproxima nenhum condutor que ainda não o viu.

Enquanto atravessa, continue a olhar à esquerda até ao meio da via e à direita, desde o meio da via até ao outro lado. Assegure-se que um condutor mais distraído não faz intenção de ultrapassar na passadeira e não o vê. Mais vale prevenir do que remediar.

Á noite os perigos são redobrados

Á noite, o segredo para circular de forma segura junta a uma via pública está em ver e ser visto. Para tal, deverá usar roupas claras ou mesmo uma lanterna, principalmente se circular em estradas pouco iluminadas. A solução ideal seria utilizar material retrorrefletor no vestuário, nas mochilas, e até nos ténis, bem como braçadeiras ou coletes retrorrefletores. Sabemos que nem sempre é possível, mas saiba que um peão a utilizar material retrorrefletor pode ser visto a cerca de 150 metros de distância, enquanto se estiver vestido com roupas claras é visível a cerca de 50 metros e com roupas escuras a cerca de 25 metros.

 

Voltar à listagem de notícias

Notícias relacionadas

15 de Março de 2024

Sono e fadiga, os inimigos silenciosos da segurança rodoviária

Sabia que a fadiga e o sono podem ser responsáveis por até 20% dos acidentes rodoviários? Isto resulta da diminuição das nossas capacidades percetivas, cognitivas e motoras. Os estados de fadiga e de privação do sono prejudicam a vigilância, a atenção, a capacidade percetiva, o tempo de reação e todo o processo de tomada de ...

Ler notícia

28 de Fevereiro de 2024

Siga os conselhos da Help Flash e escolha o capacete certo para si

Sabia que os capacetes têm prazo de validade e devem estar devidamente homologados? E que têm diferentes tamanhos e podem ser construídos em diversos materiais? Sem descurar outros elementos de segurança, como as luvas ou um bom blusão de proteção, escolher um capacete adequado à sua morfologia e às condições de utilização é fundamental para ...

Ler notícia

16 de Fevereiro de 2024

Saber ler um pneu. Siga os conselhos Help Flash e garanta viagens mais seguras

Para muitos, os pneus são apenas pretos e redondos, mas há muito mais para saber sobre eles. Já parou para pensar no significado dos números e letras que estão gravados nos pneus do seu veículo? Ou tentou compreender o índice de carga e velocidade de cada um? Saber decifrar esses detalhes pode ser crucial para ...

Ler notícia